Foi disputada no último final de semana, dias 25 e 26/11, a IX Copa do Brasil de Clubes da modalidade Bola 3 Toques. A competição aconteceu nas dependências da Casa de Portugal de Teresópolis. Ao todo, dezesseis equipes estiveram presentes, representando os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, além do Distrito Federal.

As dezesseis equipes, que na Copa do Brasil são compostas por três atletas em cada partida, foram divididas em dois grupos de oito, sendo que os quatro primeiros estariam classificados para o “mata-mata”. Depois de uma intensa disputa, a configuração e os resultados das quartas-de-finais ficaram assim:

 

Fluminense “A” 0 x 2 Vasco da Gama

Tupi “A” 1 x 2 ACAFUMA

América 3 x 0 Grêmio Mineiro

Liberdade “A” 1 X 1 AABB (vantagem do empate pertencia ao Liberdade “A”)

 

Na primeira semifinal, o América de São José do Rio Preto enfrentaria o Vasco da Gama, repetindo o confronto que já acontecera na primeira rodada da competição. E mais uma vez, a equipe do interior paulista sairia com a vitória: América 2 x 1 e classificado para a grande final.

Constâncio Moura 3 x 2 Evandro Gomes

Beto Magrini 1 x 2 Éder Patrocínio

Juliano Gomes 2 x 1 Dudu Costa

No outro confronto, mais uma vez o Liberdade “A” fez valer a vantagem do empate: 1 x 1 contra a ACAFUMA.

Lorival Ribeiro 6 x 0 Tarcizio Dinoá

Breno Ribeiro 1 x 2 Paulo Caruso

Carlos Henrique Garcia 1 x 1 Adolpho Parente

 

Na grande final ficaram frente à frente, portanto, a melhor equipe da competição até aquele momento, o América, contra a equipe do maior campeão brasileiro individual da modalidade (Lorival Ribeiro), o Liberdade “A”. Dessa vez, para conseguir o tão almejado título, a equipe mineira precisaria vencer. E o título veio pelas vitórias e pelas mãos da família Ribeiro. Lorival e Breno, pai e filho, venceram seus jogos e, com o empate entre Carlos Henrique e Juliano, o Liberdade garantia a vitória de 2 x 0, levando para Minas Gerais seu primeiro título de campeão da Copa do Brasil Interclubes.

Beto Magrini 0 x 1 Breno Ribeiro

Constâncio Moura 0 x 4 Lorival Ribeiro

Juliano Gomes 1 x 1 Carlos Henrique Garcia

 

Na Taça de Prata, o Fluminense “C” ficou com o troféu ao vencer o Clube dos 500 “A” por 1 x 0.

A colocação final da competição ficou assim:

 

1º Liberdade-A

2º América-SJRP

3º Acafuma

4º Vasco da Gama

5º Fluminense-A

6º AABB

7º Tupi-A

8º Grêmio Mineiro

9º Fluminense-C

10º Clube dos 500-A

11º Fluminense-B

12º Casa de Portugal-A

13º Tupi-B

14º Clube dos 500-B

15º Liberdade-B

16º Casa de Portugal-B

 

 

 

Clique abaixo para fazer o download do resumo técnico da competição.