Matéria reproduzida a partir do blogger do Bangu Futmesa: http://bangufutmesa.blogspot.com/2017/10/nao-e-somente-um-esporte.html

György Tyukodi é um dos mais antigos botonistas da Hungria, estando entre os melhores de todos os tempos da modalidade Sectorball, e que há um ano infelizmente teve a necessidade de amputar parte da perna.

O que para muitos poderia significar o final da carreira, para György foi apenas uma necessidade de se reinventar para um novo começo e, no último Campeonato Europeu, disputado no final de semana de 21 e 22 de outubro, o veterano craque estava de volta!

Agora cadeirante, mas ainda assim jogando em alto nível ao lado do seu parceiro Tibor Szendrei, também outro grande nome do futmesa húngaro e Campeão Mundial em 2012, György conquistou o 3º Lugar na categoria Duplas, da modalidade Sectorball.

Um exemplo de superação e uma inspiração não somente para botonistas, mas esportistas e público em geral, da absoluta verdade contida na frase de Roger Crawford: "Ter problemas na vida é inevitável, ser derrotado por eles é opcional".

No Mundial de 2015, disputado na Hungria, o banguense Marcelo Coutinho, jogando em dupla com o vascaíno Marcelo Lages, teve a oportunidade de enfrentar na mesa György, que na ocasião jogou em dupla com Imre Horváth, Presidente da Federação Internacional. Apesar dos brasileiros vencerem por 1x0, justamente com um gol seu, Marcelo nunca esqueceu o quanto aproveitou daquela partida e o que aprendeu com György  Tyukodi, não somente na técnica do jogo, mas também no farplay de um autêntico gentleman.

Dois anos depois e mesmo a distância, o mestre húngaro continua a nos dar valiosas lições. O mundo do Futebol de Mesa agradece! 👏👏👏

© 2017 Bangu Futmesa - All rights reserved.

Visite o Bangu Futmesa no Facebook: www.facebook.com/bangufutmesa