Foi realizado nos dia 16 e 17 de Julho, o IV Campeonato Brasileiro de Futebol de Mesa e a II Copa do Brasil (modalidade Subbuteo), tendo a CBFM (Confederação Brasileira de Futebol de Mesa) como organizadora do evento. A competição foi realizada na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) em Brasília – DF e contou com a presença de atletas do Distrito Federal, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo.


No sábado (16/07) foi realizada a disputa do Brasileiro Individual. Inicialmente os atletas foram distribuidos em grupos com 4 (quatro) competidores, classificando 8 (oito) atletas para a fase final, que também iriam assegurar vaga para a disputa da Copa do Brasil.

Após a disputa da 1ª fase, tivemos o início das quartas de final com os seguintes confrontos:

Rony Suzuki (Fênix-PR)  4 x 1 Felipinho (CR Vasco da Gama)

Marcelo Lages (CR Vasco da Gama) 1 x 0 Paulão (Bangu A.C)

Michilin (SE Palmeiras)  0 x 0 Renato Barthez (SAV Maria Zélia) - 1 x 0 - Prorrogação

Daniel Matos (CR Vasco da Gama) 1 x 1 F. Godinho (Bangu A.C) - 1 x 0 - Prorrogação

Nas semifinais tivemos:

Marcelo Lages (CR Vasco da Gama) 1 x 1 Daniel Matos (CR Vasco da Gama) - 1 x 0 Prorrogação

Rony Suzuki (Fênix-PR)  2 x 0 Michilin (SE Palmeiras)

 

DISPUTA DA 3º LUGAR:

Michilin (SE Palmeiras) 2 x 0 Daniel Matos (CR Vasco da Gama)

A FINAL: 

O vascaíno Marcelo Lages que havia conquistou o brasileiro individual no ano de 2013 em Londrina-PR, conquistou seu segundo título nacional na modalidade ao vencer na prorrogação o atleta Rony Suzuki de Londrina. A partida já é considerada a final mais emocionante da história dos nacionais da modalidade. O vascaíno Marcelo Lages abriu o placar mas logo em seguida passou a ser dominado pelo atleta paranaense que conseguiu marcar 3 (três) gols em sequência, fechando o primeiro tempo com o placar de 3 x 1. No segundo tempo, restando apenas 4 (quatro) minutos para o término da partida, o atleta vascaíno deu início a uma reação espetacular, empatando o confronto no minuto final e levando a decisão para a prorrogação. Na prorrogação com o chamado "GOL DE OURO" o clima era de total tensão a cada ataque e o vascaíno Marcelo Lages sobre aproveitar uma falta na entrada da área para chegar ao gol decisivo.

Confira abaixo o pódio do IV Brasileiro Individual:

Campeão: Marcelo Lages (CR Vasco da Gama - RJ)

Vice-Campeão: Rony Suzuki (Fênix - Londrina-PR)

3º Lugal: Paulo Michilin (SE Palmeiras - SP)

4º Lugar: Daniel Matos (CR Vasco da Gama - RJ)

5º Lugar: Felipinho (CR Vasco da Gama - RJ)

6º Lugar: F. Godinho (Bangu A.C - RJ)

7º Lugar: Renato Barthez (SAV Maria Zélia - SP)

8º Lugar: Paulão (Bangu A.C - RJ)

No domingo (17/07) tivemos a disputa do Brasileiro Interclubes onde o CR Vasco da Gama se sagrou campeão ao derrotar o Bangu A.C na final pelo placar de 3 x 1. Este foi o terceiro título interclubes da equipe vascaína.

Encerrando o evento, tivaemos a disputa da II Copa do Brasil, com a presença dos 8 (oito) atletas melhores colocados no brasileiro. Na 1ª fase tivemos os seguintes confrontos;

Rony Suzuki (Fênix-PR) 3 x 0 Renato Barthez (SAV Maria Zélia - SP)

Marcelo Lages (CR Vasco da Gama) 3 x 1 Paulão (Bangu A.C)

Michilin (SE Palmeiras) 3 x 0 F. Godinho (Bangu A.C)

Daniel Matos (CR Vasco da Gama 2 x 1 Felipinho (CR Vasco da Gama)

SEMIFINAIS:

Rony Suzuki (Fênix-PR) 0 x 0 Michilin (SE Palmeiras)  (2x1)

Marcelo Lages (CR Vasco da Gama) 0 x 0 Daniel Matos (CR Vasco da Gama) (3x1)

DISPUTA 3º LUGAR:

Michilin (SE Palmeiras) 1 x 1 Daniel Matos (CR Vasco da Gama) (3x2)

FINAL:

Na final, tivemos um jogo bastante equilibrado, que seguiu empatado em 1 x 1 até os minutos finais, quando foi marcado corretamente um toque de mão dentro da área em favor do atleta de Londrina que não desperdiçou a cobrança da penalidade máxima para obter a vantagem no marcador, que seria ampliada em um contra-ataque no último lance do jogo, dando números finais a decisão. Rony 3 x 1 Marcelo Lages.