Botucatu recebeu, em 2016, a maior competição do futebol de mesa do Brasil: O Campeonato Brasileiro Individual - 12 Toques. De 26-29 de maio, na A.A. Botucatuense, 172 atletas de 11 estados disputaram, gol a gol, o maior título nacional do ano. E o grande campeão da categoria Adulto foi uma repetição do ano passado: Mauricio FACCIO, atleta do Meninos FC, sagrou-se BICAMPEÃO BRASILEIRO individual. 

O campeonato foi disputado em um nível poucas vezes visto. Além do Adulto, o torneio, que teve como homenageado maior Harutiun "Mura" Muradian, foi disputado também nas categorias Master e Sub-18. Entre os jovens, o campeão foi LÉO, do Paraná; entre os Masters o grande campeão foi o próprio homenageado de 2016: MURA, atleta do Maria Zélia. 


Na Categoria AdultoFaccio, o campeão, venceu Ednilson do Paraná na grande final, ficando com o título que lhe valeu o bicampeonato brasileiro (15/16). O pódio contou também com os botonistas Quinho/SP (3º), França/SP (4º), Barbosa/PR (5º), Rodrigo Ribeiro/SP (6º), Alex Bahr/SP (7º) e Alex Lucatelli/SP (8º). 
Como sempre, a 1ª Divisão foi marcada por muito equilíbrio. Faccio, o campeão, contou com a 3ª melhor defesa para vencer o campeonato, com média de 3,9 gols sofridos. Defesas melhores, apenas as de Albarello (3,7) e a de Garcia, com 3,3 gols sofridos por partida. Quinho, do XV de Agosto, teve o melhor ataque de todo o campeonato, com impressionantes 6,9 gols de média marcados por partida. 

Na 2ª Divisão, o grande campeão foi Christofer, atleta do Friburguense/RJ, que venceu Bira, do América/RJ na final. O pódio contou também com Victor Varoli/SP (3º), Nando/RJ (4º), Rhaniery/RJ (5º), Farinha/SP (6º), Marcell/SP (7º) e Michilin/SP (8º). 
A defesa também foi a arma do campeão Christofer, que teve a menor média de gols sofridos: 4,0 gols por partida. Victor Varoli foi o dono do melhor ataque da série, com 5,9 gols marcados de média por partida. 

Na 3ª Divisão, o campeão foi Rogério, do Sexta Bola/PR, que venceu Marcus Vinicius do Friburguense/RJ na final. Vinicius/SP (3º), Kleber/SP (4º), Wagner Luiz/SP (5º), Victor/PR (6º), Mantena/PR (7º) e Vinicius Mendes/RJ (8º) completaram o pódio. 
Nesse caso, o campeão Rogério foi o dono do melhor ataque da série, com 5,3 gols marcados de média por partida. A defesa menos vazada foi a de Mantena, com 3,2 gols sofridos por partida. 

Na 4ª Divisão, o campeão foi Guilherme Moura/CE, que superou Pablo/RJ na final. O pódio ficou completo com Rafael Moreira/CE (3º) e Rodrigo Tuvira/SP (4º). 
A final foi um "ataque contra defesa". E defesa venceu novamente: Guilherme Moura, campeão com 3,8 gols sofridos por partida, a melhor média. Pablo, o vice, foi o dono do melhor ataque, com 6,2 gols marcados de média. 

Na 5ª Divisão, o campeão foi João Papa/PE, que venceu Arnoni/SP na final. Fernando Dezio/SP (3º) e Wilson Benevides/SP (4º) completaram o pódio. 
O vice campeão Arnoni foi o dono da melhor defesa, com 2,6 gols sofridos por partida. Sergio Filho foi o melhor ataque da série, com 3,9 gols marcados de média. 


Na Categoria Master, o campeão foi Mura, atleta do Maria Zélia, vencendo ao vascaíno Marcelo Lages na grande final. O 3º colocado foi Luiz Carlos/RJ, em 4º Marco Antonio/PR, em 5º Joaquim/AL, em 6º Erismar/SP, em 7º Eder/PE e Schon/SP com a 8ª colocação. 
Mais uma vez a defesa foi a arma do campeão. Mura teve a incrível média de 2,2 gols sofridos por partida. Erismar, Eder e Klerton Santana/CE dividiram a ponta na disputa de melhor ataque da série, com média de 4,7 gols marcados cada. 

Na 2ª Divisão, o campeão foi Securão/PE, que venceu Armando/RJ na final. O pódio contou também com Telê/SP (3º), Manoel Moura/CE (4º), Ravanelli/SP (5º), Fernando Gradowski/SP (6º), Waldomiro/GO (7º) e Paulinho Meira/SP (8º). 
A menor média de gols sofridos foi do vice campeão Armando: 2,5 gols por partida. Armandinho/AL foi o dono do melhor ataque da série, com 4,9 gols marcados de média por partida. 

Na 3ª Divisão, o campeão foi Rosenildo/RJ, que venceu Ivan/GO na final. O pódio contou também com Zanella/SP (3º), Flavio Moraes/SP (4º), Fernando/MG (5º), Luiz Faria/SP (6º), Noriaki/SP (7º) e Ricardinho/RJ (8º). 
A menor média de gols sofridos foi do campeão Armando: 1,8 gols por partida. Flavio Moraes foi o dono do melhor ataque da série, com 4,2 gols marcados de média por partida. 

Na 4ª Divisão, o campeão foi Sammartino/SP, que venceu Climalter/RJ na final. Jesse/RJ foi o 3º e Helena/SP foi a 4ª colocada. 


Na Categoria Sub-18Léo/PR foi o grande campeão, vencendo o ótimo Soneca/RJ na grande final da "nova geração". O título foi absolutamente indiscutível: com grande campanha em 22 partidas, Léo também foi o dono do melhor ataque (5,8 gols de média) e também da melhor defesa (2,5 gols tomados de média). Victor/SP com 5,6 gols de média e Victor Ferreira/SP (5,4 gols de média) foram o 2º e 3º melhores ataques, respectivamente. 
O pódio ficou completo com os atletas Victor/SP (3º), Daniel Couto/RJ (4º), Victor Ferreira/SP (5º), Pedro Neto/SP (6º), Matheusinho/PE (7º) e Marco Filho/SP (8º). 



Confira a classificação final de todas as série do torneio:
http://www.futmesa.com.br/arquivos/Brasileiro-Individual-2016 



Veja também algumas fotos do torneio:
http://www.futmesa.com.br/a-fpfm/fotos/brasileiro-individual-2016