Geraldo Décourt elaborou o primeiro regulamento, o hino do botonista, além de ter sido um dos maiores incentivadores, divulgando, organizando competições, popularizando a modalidade esportiva. O então governador do Estado de São Paulo (2001), Geraldo Alckmin proclamou o dia 14 de fevereiro como o dia do botonista. O campineiro Décourt foi pintor, ator, compositor, escritor e inventor.

Durante os 87 anos de vida sua contribuição foi imensa e de grande valia. Ele escreveu o livro Aconteceu Sim, participou do filme A Carne, compôs o samba Três Estrelas, gravado por Dalva de Oliveira, foi garoto-propaganda e ainda deixou de herança o ‘botonismo’.

Diante desta data tão especial a Confederação brasileira tem o orgulho que dividir todo o avanço e respeito que obtivemos ao longo dos anos com todos os botonistas de todas as regras oficiais, experimentais, regionais e de garagens de Norte a Sul.

 

Hino do Botonista

“Botonista eu sou com justo orgulho

Boto muita fé no meu botão

Botonista eu sou com muita honra

Isto é verdade, eu não me arrependo não

Botonista eu sou com persistência

Jogo a qualquer hora com prazer

(Pois jogando em qualquer regra! Eu vou praticando o meu lazer) -bis-

Eu jogo limpo, jogo sério sem esbulho,

Pois prá mim adversário considero como irmão

(Aviso logo para quem jogar comigo que somente me vencendo poderá ser campeão) -bis-”